Medidas de bloqueio ameaçam posição da China nas cadeias de fornecimento - Plataforma Media

Medidas de bloqueio ameaçam posição da China nas cadeias de fornecimento

A política de ‘zero casos’ de covid-19 ameaça a posição da China nas cadeias produtivas, à medida que o bloqueio de cidades e províncias gera imprevisibilidade e afeta a confiança dos investidores, alertam líderes empresariais

“Nunca se sabe o que vai acontecer a seguir”, resume Takayuki Shomura, vice-diretor-geral do grupo japonês Tailift Group, um dos maiores fabricantes de empilhadores do mundo, à agência Lusa, à margem da Cimeira de Multinacionais de Qingdao, no leste da China.

Na primeira metade do ano, as vendas do grupo no país asiático caíram cerca de 50%, à medida que a altamente contagiosa variante Ómicron obrigou as autoridades chinesas a impor medidas de confinamento extremas, para salvaguardar a estratégia de ‘zero casos’, assumida como um triunfo político pelo secretário-geral do Partido Comunista Chinês, Xi Jinping.

Leia mais em Hoje Macau

Assine nossa Newsletter