Jorge Mendes tenta salvar negócio Enzo Fernández

por Gonçalo Lopes

Quando todos os indicadores apontavam para a conclusão da transferência de Enzo Fernández para o Chelsea, o processo teve um volte-face que deixou as negociações num impasse, ou até à beira do colapso, tal o extremar de posições entre as partes. Porém, e segundo O JOGO apurou, o negócio ainda está vivo, muito à custa da intervenção do empresário Jorge Mendes, intermediário neste dossiê, que continua em Londres a tentar aproximar posições que permitam “salvar” a saída do médio argentino.

Mendes já tinha estado em reunião durante a madrugada de ontem com os responsáveis do Chelsea para discutir os valores a apresentar na proposta oficial e escrita aos encarnados, mas durante o dia de ontem tudo mudou. Afinal, a proposta que havia sido verbalizada pelos blues antes do Natal, que prometia cobrir a cláusula de rescisão de 120 milhões inscrita no contrato do campeão do mundo, chegou com muitos milhões a menos.

Na prática, o Chelsea terá recuado nas suas intenções e não surpreende que, segundo noticiou o jornalista italiano Fabrizio Romano, os ingleses oferecessem de entrada apenas 85 milhões de euros, depois de já terem demonstrado disponibilidade para pagar 127 milhões, como noticiámos. Esta marcha-atrás deixou Rui Costa indignado, mas não afetou a sua decisão anterior, que se mantém cimentada. O Benfica não abdica de receber os 120 milhões de euros, sem descontos, algo que só não colocou um ponto final no processo porque Jorge Mendes prossegue em Londres a tentar montar o negócio.

Leia mais em O Jogo

Pode também interessar

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!