Secretário de Segurança renuncia a 9 dias da posse de Biden

Secretário de Segurança renuncia a 9 dias da posse de Biden

Capital dos EUA deve receber reforço de 15 mil agentes da Guarda Nacional

O secretário interino do Departamento de Segurança Interna, Chad Wolf, renunciou nesta segunda-feira (11), nove dias antes da posse do presidente eleito Joe Biden. Ele era um dos responsáveis por coordenar a segurança do evento, que deve ser palco de novos episódios de violência.

A informação é do jornal The New York Times, que teve acesso à carta de demissão. Wolf disse aos funcionários do departamento que renunciaria em parte por causa de decisões judiciais que invalidavam algumas das políticas de imigração do governo Trump.

“Infelizmente, esta ação é justificada por eventos recentes, incluindo as decisões judiciais em andamento e sem mérito sobre a validade de minha autoridade como secretário interino”, afirmou Wolf na carta, que não faz nenhuma menção ao episódio da última quarta (6), quando apoiadores de Trump invadiram o Congresso americano.

Leia mais em Folha de S. Paulo

Artigos relacionados
MundoPolítica

Tensões no Golfo Pérsico em crescendo desde 2019

Política

Homem armado é preso perto do Capitólio dos EUA

MundoSociedade

Poderoso lobby de armas nos EUA pede falência para fugir da justiça

MacauMundo

Macau rejeita relatório do Congresso dos Estados Unidos

Assine nossa Newsletter