"Sem coragem de voltar": Ataques de piranhas em praia assustam moradores no Pará - Plataforma Media

“Sem coragem de voltar”: Ataques de piranhas em praia assustam moradores no Pará

Moradores de Itaituba, no Pará, estão assustados com os constantes ataques de piranhas na região. De acordo com o Corpo de Bombeiros, seis casos foram registrados nos últimos dois meses na praia de Aranamaí. Em um deles, uma mulher teve parte do dedo do pé arrancado.

Ao Uol, a estudante de farmácia e microempreendedora Welida Meneses, de 24 anos, conta como foi o ataque ocorrido no dia 17 de outubro. De acordo com a jovem, ela estava sentada na beira da praia com um amigo, quando de repente ele saiu correndo e disse ter sentido algo passando pela perna.

“Quando olhei para entender o que estava acontecendo, vi que tinha uma mordida no meu dedo e fui me arrastando para fora da água. Foi aí que percebi que tinha arrancado a parte de trás do meu dedo, a cabeça do dedo, pela lateral”, explicou Welida ao Uol.

A jovem foi socorrida por frequentadores do local e levada de lancha para a cidade para ser atendida em um hospital. “Os médicos nem acreditaram quando viram, mas confirmaram que o ferimento assim só podia ser feito por um peixe”, contou a estudante. O ferimento levou 8 pontos.

Leia mais em Istoé

Artigos relacionados
AngolaSociedade

Ataque de hipopótamo faz três vítimas mortais em Angola

AngolaSociedade

Hipópotamos atacam colheitas na província angolana do Kwanza Sul

MoçambiqueSociedade

Ataques mortíferos de crocodilo têm sido um problema no centro de Moçambique

SociedadeTimor-Leste

"Foi surreal. Não teria sobrevivido se fosse numa artéria”, conta português atacado por crocodilo

Assine nossa Newsletter