Ministro da Educação brasileiro multado por participar em ato político sem máscara - Plataforma Media

Ministro da Educação brasileiro multado por participar em ato político sem máscara

Abraham Weintraub foi multado hoje pelo governo do Distrito Federal após ser apanhado sem máscara durante um ato político realizado por apoiantes do Presidente do país, Jair Bolsonaro, no domingo, em Brasília.

Weintraub foi filmado no protesto que decorreu na Esplanada dos Ministérios, contrariando a decisão que impedia protestos no local, sem máscara de proteção, e recebeu uma multa no valor de 2 mil reais (pouco mais de 353 euros).

O governo regional de Brasília determinou que a população precisa usar máscara para sair à rua e enquanto permanecer exposta em lugares públicos juntamente com outras medidas para combater o novo coronavírus.

O ministro brasileiro reagiu mal à multa hoje de manhã e, numa publicação na rede social Twitter, Weintraub disse que se recusava a acreditar na punição.

“Recurso-me a acreditar que seja verdade. Não fui notificado. Parece que fui o único a ser multado até hoje! Além disso, vazaram para a imprensa meu CPF e RG [documentos de identificação]. Querem me calar a qualquer custo! Liberdade!!!”, escreveu por cima da foto da multa que também publicou.

Um dos membros mais polémicos do Governo brasileiro, Weintraub é investigado num inquérito sobre disseminação de notícias faltas, ameaças e ataques a magistrados do Supremo Tribunal federal (STF), instância máxima da Justiça do país.

O ministro passou a ser alvo do inquérito em maio após ser gravado numa reunião ministerial junto com os altos responsáveis do Governo brasileiro defendendo a prisão de juízes do STF.

A declaração veio a público por causa de outra investigação, sobre uma alegada tentativa de interferência política do Governo brasileiro na Polícia Federal.

Naquela reunião, ocorrida em 22 de abril, Weintraub declarou que todos os juízes do STF são “vagabundos” e disse que se dependesse de si os mesmos seriam presos.

Related posts
MundoSociedade

Centro Europeu de Controlo de Doenças aceita vacinação em crianças

MundoSociedade

Especialistas recomendam autorização de pílula anticovid da Merck

MoçambiquePortugal

Embaixada de Portugal em Maputo anuncia voos de apoio ao regresso

MundoSociedade

OMS apela a união mundial para melhor combater futuras pandemias

Assine nossa Newsletter