7º Fórum Económico do Oriente: Pequim e Moscovo reforçam cooperação - Plataforma Media

7º Fórum Económico do Oriente: Pequim e Moscovo reforçam cooperação

As políticas hegemónicas dos EUA e as sanções europeias aproximaram, de forma dramática, a China e a Rússia que, durante o 7º Fórum Económico do Oriente, revelaram ter aumentado em mais de 50% o seu volume de negócios. Um mundo multipolar e a “desdolarização” da economia global são pontos altos na agenda

A China irá reforçar a cooperação com a Rússia e trabalhar em conjunto com outros membros da comunidade internacional para impulsionar a multipolarização do mundo, afirmaram peritos chineses, no 7º Fórum Económico Oriental (FEO) que decorre em Vladivostok, Rússia. A Rússia também criticou duramente as sanções ocidentais por causa da crise da Ucrânia, uma vez que “causaram grandes danos a toda a gente em todo o mundo, incluindo ao seu próprio povo no Ocidente”.

O Presidente russo Vladimir Putin afirmou na quarta-feira no fórum que “o Ocidente está a falhar, o futuro está na Ásia. As nações ocidentais estão a prejudicar toda a gente, incluindo o seu próprio povo, numa tentativa de preservar o domínio global que está a escorregar das suas mãos”, observou Putin. O presidente russo disse também que os esforços para isolar a Rússia foram em vão, fazendo a Rússia voltar-se em direcção à Ásia.

Leia mais em Hoje Macau

Related posts
MundoPolítica

NATO promete à Rússia resposta "firme e unida" em caso de ataque a infraestruturas

MundoSociedade

Moscovo procura recrutar russos em fuga da guerra junto às fronteiras

MundoPolítica

ONU apoia 'integridade territorial da Ucrânia' dentro de suas 'fronteiras reconhecidas'

MundoPolítica

Autoridades russas anunciam vitória ampla do "sim" em todos os referendos

Assine nossa Newsletter