João Lourenço realça importância do desporto depois de pedalar 23 quilómetros - Plataforma Media

João Lourenço realça importância do desporto depois de pedalar 23 quilómetros

O candidato do MPLA, João Lourenço, mostrou, este domingo, que está em boa forma física, ao pedalar 23 quilómetros em apenas 49 minutos, num percurso entre o Porto de Luanda e à Nova Marginal, onde efectuou outras voltas, antes de entrar para o Memorial Dr. António Agostinho Neto para cortar a meta.

Líder do MPLA, João Lourenço, antes de cortar a meta, efectuou outras voltas demonstrando fôlego para manter a corrida © Fotografia por: Santos Pedro| Edições Novembro

O exercício, que contou com a presença de um número considerável de apoiantes, muitos dos quais praticantes de ciclismo, ficou marcado pela desistência de muitos participantes, a maioria jovens, ainda a meio da primeira volta. Chegaram à meta, com o presidente João Lourenço, que tem, neste momento, 68 anos, praticamente os atletas federados, sendo um número considerável do Petro de Luanda, e o pessoal da sua segurança pessoal.

Leia também: Sociedade civil angolana apresenta ação judicial contra João Lourenço

Em breves declarações à imprensa, João Lourenço, que surpreendeu os presentes ao não apresentar uma respiração ofegante, como era de esperar, dada a realização da actividade física, disse que o exercício serviu para mostrar à juventude a importância da prática do desporto para a saúde. “Isto foi apenas um sinal de exemplo à nossa juventude, a quem queremos bem”, referiu o candidato do MPLA às Eleições Gerais de 24 deste mês, lembrando que este país é dos jovens.

“Se os jovens não forem saudáveis, também não teremos um país saudável”, sublinhou. O líder João Lourenço ressaltou que, para a assunção deste desafio, os jovens devem ter, primeiro, alma sã em corpo são. “Pratiquem desporto. Pode ser ciclismo, futebol, andebol ou básquete”, aconselhou o presidente do MPLA.

O importante é que seja actividade física, para termos um coração que bata forte, a fim de suportar as vicissitudes da vida”, apelou. Participaram do exercício alguns membros do Executivo cessante, com destaque para a secretária de Estado das Pescas e candidata do MPLA à Vice-Presidente da República, Esperança Costa, o ministro das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social, Manuel Homem, o secretário de Estado dos Desportos, Carlos Almeida, e a governadora de Luanda, Ana Paula de Carvalho. Marcaram ainda presença, a nível da estrutura do MPLA, a vice-presidente, Luísa Damião, e o 1º secretário nacional da JMPLA, Crispiniano dos Santos.  

Leia mais em: Jornal de Angola

Este artigo está disponível em: English

Assine nossa Newsletter