PR guineense leva “experiência” do país para cimeira da CEDEAO

PR guineense leva “experiência” do país para cimeira da CEDEAO

O Presidente da Guiné-Bissau, Umaro Sissoco Embaló, disse que leva a experiência do país em matéria de golpe militar para a cimeira da Comunidade Económica de Estados da África Ocidental (CEDEAO), no Gana, sobre a Guiné-Conacri

 Os líderes da organização oeste africana vão discutir, na quinta-feira, as saídas para a crise que se abriu na Guiné-Conacri, onde, no passado dia 05, um comando militar, liderado pelo coronel Mamadi Doumbouya, derrubou o Governo do presidente Alpha Condé, de 83 anos, dissolveu os órgãos civis eleitos e suspendeu a Constituição.

 A CEDEAO, que suspendeu a Guiné-Conacri da organização, vai debater sobretudo os mecanismos que levem à libertação sem condições do Presidente derrubado, que se recusa a assinar a renúncia ao cargo, segundo fontes em Conacri.

 O Presidente guineense, que já admitiu disponibilidade pessoal para integrar um painel de líderes da CEDEAO que vão conversar com os autores do golpe em Conacri, disse levar ao Gana “a boa experiência” da Guiné-Bissau na resolução de crises político-militares.

 “A Guiné-Bissau tem experiência e sabe qual é consequência de um golpe de Estado. Aconteceu aqui várias vezes, mas hoje em dia esse ciclo fechou o que permitiu que o Presidente José Mário Vaz tenha completado os cinco anos do seu mandato”, enfatizou Embalo.

O PR guineense que leva a “experiência” do país para cimeira da CEDEAO, condenou o golpe militar na Guiné-Conacri, e disse ser contra as alterações à Constituição, mas também afirmou serem “comportamentos anormais” que um dirigente “com 90 ou 100 anos” fique no poder como Presidente da República.

PR guineense leva a “experiência” do país para cimeira da CEDEAO, mas defende que a idade máxima no cargo de Presidente da República é 65 anos. Deverá sair para a reforma, dar oportunidade aos mais novos, e sem pensar num terceiro mandato.

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Related posts
Mundo

Países da UE desejam incluir gás e energia nuclear em investimentos verdes

MundoPolítica

Estado de Direito na Polónia ameaça ‘aquecer’ cimeira da UE focada na Energia

MoçambiquePolítica

Cimeira avalia hoje missão militar conjunta da SADC em Moçambique

MundoPolítica

COP26 é um 'ponto de inflexão para a humanidade', diz Boris Johnson

Assine nossa Newsletter