K-pop: a máquina de fazer estrelas na Coreia do Sul - Plataforma Media

K-pop: a máquina de fazer estrelas na Coreia do Sul

Trinta adolescentes, milhares de horas de treino, dezenas de sonhos despedaçados: tudo se torna realidade na próxima semana, quando os Blitzers serão lançados no mercado de K-pop, na esperança de se tornarem nos próximos BTS.

Um grupo só de homens e os seus três anos de formação estão a ser destilados em três minutos de música e dança que irão determinar se são um sucesso, ou apenas outra banda sem sucesso.

A rotina é sempre intensa nas semanas que antecedem a sua estreia: sessões de ginástica, aulas de canto, sessões promocionais e cerca de dez horas de treino de dança até ao início da manhã. O programa deixa-os dormir menos de cinco horas por noite em beliches na sua casa partilhada de Seul.

Num estúdio de ensaio dedicado e forrado de espelhos, os sete sobreviventes ficam posicionados para cantar o seu primeiro single, “Breathe Again”, por entre muitos gestores, treinadores e coreógrafos.

Leia mais em Jornal de Notícias

Assine nossa Newsletter