Portugal envia mais de mil armas para polícias de Cabo Verde e São Tomé - Plataforma Media

Portugal envia mais de mil armas para polícias de Cabo Verde e São Tomé

armas

O Ministério da Administração Interna (MAI) português enviou esta semana mais de um milhar de armas para as forças policiais de Cabo Verde e São Tomé e Príncipe, foi ontem anunciado.

A distribuição das armas, oriundas da Polícia de Segurança Pública (PSP), “insere-se na política de cooperação portuguesa na área da segurança interna com os países africanos lusófonos”, afirmou o MAI, em nota de imprensa.

O Governo português enviou mais de 900 pistolas Walther para a polícia de São Tomé e Príncipe e 200 armas do mesmo modelo para as forças cabo-verdianas, além de “dezenas de milhares de munições de calibre 7.65 milímetros para aquelas duas forças de segurança”, acrescentou.

Os 40 volumes de carga, transportados pela Força Aérea, foram entregues na quarta-feira em Cabo Verde e na quinta-feira em São Tomé e Príncipe.

“Com este processo de cedência de armamento, que decorre do programa de modernização do material das forças e serviços de segurança nacionais, a PSP contribui assim para o reforço das capacidades daquelas organizações lusófonas congéneres”, salientou o MAI.

A cooperação entre Portugal e países africanos de língua oficial portuguesa envolve ainda as vertentes da formação e assessoria.

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Assine nossa Newsletter