Novos pedidos de eletricidade deixam de pagar taxa em Moçambique - Plataforma Media

Novos pedidos de eletricidade deixam de pagar taxa em Moçambique

As novas ligações domiciliárias de energia elétrica em Moçambique passam a estar isentas da taxa de instalação, no valor de 3.500 meticais (38 euros), anunciaram as autoridades.

A medida é aplicada ao mesmo tempo que a empresa pública Eletricidade de Moçambique (EDM) vai criar equipas móveis para inscrever novos clientes em zonas remotas, beneficiando da nova medida, anunciou Francisco Inroga, dirigente da empresa, citado hoje pela Rádio Moçambique.

“Vamos ter postos de atendimento móveis que vão para zonas sem eletricidade para fazer novos contratos. Vamos ao encontro do cliente”, explicou.

A medida faz parte da estratégia do Governo moçambicano que pretende atingir dois milhões de novas ligações, beneficiando mais de 10 milhões de pessoas até 2024 – elevando de 34% para 64% a população (30 milhões de habitantes) com energia em casa.

O objetivo final é garantir acesso universal à eletricidade até 2030.

“A existência de infraestruturas modernas no setor de energia é um fator determinante na estratégia de desenvolvimento nacional”, referiu o presidente moçambicano, Filipe Nyusi, durante uma visita à província da Zambézia, na sexta-feira.

A isenção foi uma das promessas do chefe de Estado ao tomar posse para novo mandato, em janeiro, tendo referido agora que “estão criadas as condições” para a medida entrar de imediato em vigor.

Artigos relacionados
LusofoniaPolítica

Secretário-executivo da CPLP quer aproximar organização da UE

MoçambiqueSociedade

Banco Mundial dá 100 milhões para transformar Maputo

LusofoniaMoçambique

Dinheiro recolhido no Santuário de Fátima vai para os deslocados de Cabo Delgado

MoçambiqueSociedade

Moçambique prevê começar vacinação contra covid-19 em meados de 2021

Assine nossa Newsletter