Alargada zona de Heilongjian sujeita a quarentena para entrar em Macau - Plataforma Media

Alargada zona de Heilongjian sujeita a quarentena para entrar em Macau

Desde a meia-noite que estão sujeitas a quarentena obrigatória todas as pessoas que cheguem a Macau depois de terem estado no município de Suifenhe, na província de Heilongjiang, nos 14 dias anteriores.

A medida, anunciada na última noite, vem alargar a zona desta região que já obrigava a quarentena no território, como forma de prevenir a transmissão da COVID-19.

Neste momento, o isolamento médico obrigatório aplica-se também a quem tenha passado por zonas específicas do município de Dongning, em Heilongjiang, de Manzhouli, na Mongólia Interior, da Nova Área de Pudong, em Xangai, da cidade de Chengdu, em Sichuan, e ainda da cidade de Turfã, na região autónoma de Xinjiang.

Além destas zonas do interior da China, onde surgiram recentemente novos casos de COVID-19, a quarentena de 14 dias nos hotéis designados pelo Centro de Coordenação e Contingência do Novo Tipo de Coronavírus é obrigatória para todos os que tenham estado no estrangeiro nas duas semanas anteriores à chegada ao território. A medida aplica-se também a quem tenha passado por Hong Kong ou Taiwan.

Leia mais em TDM

Artigos relacionados
ChinaGrande Baía

Zhuhai já realiza inoculação da vacina de emergência contra Covid-19

MacauPolítica

Wang Sai Man pede mecanismo para contratação de TNR retidos

ChinaEconomia

Controlo da pandemia em Macau vai trazer rápida recuperação económica

MacauSociedade

Covid-19: Não será necessária autorização de administração urgente de vacinas em Macau

Assine nossa Newsletter