Início China China reduz taxa de juros para estimular a economia

China reduz taxa de juros para estimular a economia

O Banco Central da China reduziu, nesta segunda-feira (21), uma taxa de juros crucial, uma medida para tentar reverter a crescente desaceleração pós-covid da segunda maior economia do mundo.

A economia do país foi abalada recentemente pelas incertezas no mercado de trabalho e por uma economia mundial em desaceleração, o que afeta a demanda de produtos chineses.

Os problemas financeiros do setor imobiliário, com grandes empresas à beira da falência e lutando para concluir projetos, também afeta o crescimento.

Outro sinal de desaceleração é que os empréstimos às famílias atingiram no mês passado o menor nível desde 2009.

Diante do cenário, o Banco Popular da China (PBoC, na sigla em inglês) anunciou a redução da taxa preferencial de empréstimos (LPR) de um ano, que serve como um ponto referência para os empréstimos corporativos, de 3,55% para 3,45%.

A LPR a cinco anos, utilizada para estabelecer o preço das hipotecas, permanece em 4,2%.

Monitoradas de perto pelos mercados, as duas taxas estão em seus menores índices históricos.

A medida anunciada nesta segunda-feira, contrária à tendência de aumento das taxas de juros dos bancos centrais ao redor do planeta, tem o objetivo de estimular os bancos comerciais a conceder mais empréstimos, com taxas mais vantajosas, a empresas e particulares.

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!