Início » Reino Unido defende sistema eleitoral brasileiro depois de ataques de Bolsonaro

Reino Unido defende sistema eleitoral brasileiro depois de ataques de Bolsonaro

Lisandra Paraguassu

Depois do ataque às urnas eletrônicas feito pelo presidente Jair Bolsonaro em encontro com embaixadores, a embaixada do Reino Unido reafirmou, nesta quinta-feira, a confiança no sistema eleitoral brasileiro, inclusive nas urnas, “conhecidas por sua celeridade e eficiência”.

A embaixada britânica se junta à norte-americana para defender a confiança na democracia do país e no resultado das eleições, três dias depois do evento realizado no Palácio da Alvorada.

Leia mais sobre o assunto: Bolsonaro repete mentiras sobre urnas e faz novas ameaças golpistas

Em nota, o Reino Unido destacou, ainda, que irá trabalhar com quem for eleito.

“Reafirmamos nossa confiança no bom funcionamento do processo democrático do Brasil e esperamos que todo o país esteja comprometido com o respeito à democracia por meio de eleições livres e justas”, diz o texto. “Quem for escolhido pela nação brasileira poderá contar com o governo britânico para fortalecer as relações bilaterais e a amizade entre os dois povos.”

Na segunda-feira, Bolsonaro recebeu, no Alvorada, algumas dezenas de embaixadores para fazer mais um ataque ao processo eleitoral. O presidente viu a reunião como uma “resposta” ao encontro do presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Edson Fachin, em que foi apresentado a diplomatas estrangeiros o funcionamento do sistema eleitoral brasileiro.

Leia mais em: ISTOÉ

Contact Us

Generalist media, focusing on the relationship between Portuguese-speaking countries and China.

Plataforma Studio

Newsletter

Subscribe Plataforma Newsletter to keep up with everything!