Bolsonaro reage a filiação no PL: 'Quer que eu converse com o PSOL?' -

Bolsonaro reage a filiação no PL: ‘Quer que eu converse com o PSOL?’

Com a sua filiação praticamente acertada ao PL de Valdemar da Costa Neto, o presidente Jair Bolsonaro tentou nesta terça-feira (9) rebater eventuais críticas à sua ida para um partido do centrão —grupo de partidos ao qual o mandatário pertenceu por mais de 20 anos, mas ganhou a eleição em 2018 com um discurso contrário.

“Pessoal critica: ‘Ah, o cara está conversando com o centrão’. Quer que eu converse com o PSOL, com o PC do B, que não centrão?”, questionou o presidente, em entrevista ao portal bolsonarista Jornal Cidade Online.

“Se você tirar o centrão, tem a esquerda. Para onde é que eu vou? Tem que ter um partido, se eu quiser disputar as eleições do ano que vem.”

Na entrevista, o presidente não cita o PL expressamente, mas na segunda-feira (8) disse estar 99% fechado com a legenda. O partido era aliado do ex-presidente Lula (PT). No mensalão, seu principal dirigente, Valdemar Costa Neto, foi condenado e preso.

Bolsonaro lembrou ainda que ele próprio foi filiado ao PP, outro partido do centrão com o qual vinha negociando até o momento. “Eu fui do centrão”, disse.

A filiação não está completamente acertada, mas o presidente disse a apoiadores nesta manhã que deve decidir nesta semana. Haverá uma reunião entre Valdemar e Bolsonaro na quarta-feira (10) para acertar alguns palanques regionais, segundo o próprio presidente disse a apoiadores.

Uma eventual filiação de Bolsonaro e seus apoiadores ao partido consolida ainda mais a mudança de postura do presidente, eleito com a promessa de acabar com o que chama de “velha política”, moldada no toma lá dá cá.

Leia mais em Folha de S. Paulo

Assine nossa Newsletter