Presidente filipino Duterte irá preparar defesa contra TPI

Presidente filipino Duterte irá preparar defesa contra TPI

O presidente filipino, Rodrigo Duterte, disse que vai “preparar” sua “defesa” contra uma investigação do Tribunal Criminal Internacional (TPI) sobre sua guerra mortal contra as drogas quando se aposentar da política

“Vou me preparar para minha defesa no TPI”, declarou Duterte em um discurso pré-gravado, divulgado na noite desta segunda-feira (4) em sua primeira declaração pública sobre a investigação, depois de insistir que não cooperaria com o tribunal.

Os juízes do TPI autorizaram em setembro uma investigação sobre a campanha antinarcóticos de Duterte, que, de acordo com grupos de direitos humanos, deixou dezenas de milhares de mortos e parece ser um ataque ilegítimo e sistemático a civis.

“Apenas se atenham aos fatos, porque não há registros disso. Não estou ameaçando vocês, apenas não me enganem com as evidências”, advertiu Duterte no discurso, proferido dois dias após anunciar que não concorrerá às eleições de 2022 e que irá se aposentar da política.

Duterte atacou repetidamente o único tribunal permanente para crimes de guerra e insistiu que a corte não tem jurisdição nas Filipinas.

O presidente filipino retirou Manila do TPI depois que a corte abriu uma investigação preliminar contra ele. Mas o tribunal, com sede em Haia, garantiu ter jurisdição sobre crimes cometidos quando as Filipinas era membro.

Related posts
Sociedade

Inundações nas Filipinas causaram pelo menos 13 mortos e 23 desaparecidos

MundoPolítica

Forças de segurança atiram aos manifestantes no Irão após homenagem a jovem morta

MundoPolítica

AI pede ao TPI que investigue possíveis crimes de guerra em Gaza

China

Casinos virtuais: Filipinas deportam 40.000 cidadãos chineses

Assine nossa Newsletter