Pandemia afetou deteção e tratamento de cancro em crianças - Plataforma Media

Pandemia afetou deteção e tratamento de cancro em crianças

A pandemia prejudicou em 78% a capacidade das unidades hospitalares na deteção do cancro, indica relatório. Investigadores enfatizam “a urgência” de uma resposta global para prestar atenção à oncologia pediátrica durante a crise sanitária.

A pandemia teve “um grande impacto” na deteção do cancro em crianças, já que levou a uma “interrupção substancial” dos diagnósticos e tratamentos, especialmente em países considerados em desenvolvimento.

Estas conclusões, de acordo com os investigadores que publicaram um relatório na revista científica The Lancet Child & Adolescent Health, enfatizam “a urgência” de uma resposta global distribuída equitativamente para prestar atenção à oncologia pediátrica durante a pandemia e em futuras emergência de saúde pública.

Os investigadores incluíram na publicação uma análise às respostas de 311 profissionais de 213 unidades de saúde, de 79 países que integram a Organização Mundial da Saúde (OMS).

O trabalhou abarcou o período compreendido entre 22 de junho e 21 de agosto de 2020 e incluiu um questionário para avaliar as características dos hospitais, o número de pacientes diagnosticados com covid-19 e as alterações e adaptações na atenção ao cancro.

Leia mais em Diário de Notícias

Related posts
PortugalSociedade

Mais de 4000 doentes com cancro por diagnosticar no último ano

MundoSociedade

Covid-19: Balanço mundial totaliza 4.323.957 mortes desde o início da pandemia

MundoSociedade

COVID-19 "muito provavelmente" evoluirá para uma forma mais perigosa, dizem especialistas britânicos

MundoPolítica

França ignora apelo da OMS e prepara terceira dose da vacina

Assine nossa Newsletter