Eleitor moveu-se para a direita, e derrota de Bolsonaro é impressão, afirma Haddad - Plataforma Media

Eleitor moveu-se para a direita, e derrota de Bolsonaro é impressão, afirma Haddad

Presidente administra mal seu cacife político, diz petista, que defende Lula para 2022 e vê Boulos beneficiado por recall

Para Fernando Haddad (PT), 57, o centro não foi o grande vitorioso em 2020. Ele vê um deslocamento do eleitorado para a direita e para a extrema direita e não crava uma derrota para o presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

“Bolsonaro administra tudo muito mal. Inclusive o próprio prestígio de que ainda goza”, diz em entrevista à Folha.

Haddad afirma trabalhar para que o ex-presidente Lula (PT) seja candidato à Presidência em 2022 e evita se colocar no jogo, embora tenha sido o plano B em 2018.

Leia mais em Folha de S.Paulo.

Artigos relacionados
BrasilPolítica

Covid-19: Líderes religiosos do Brasil pedem destituição de Jair Bolsonaro

BrasilPolítica

Bolsonaro afaga China e agradece liberação de insumo para Coronavac

BrasilEconomia

Governo federal aprova auxílio emergencial para 196 mil pessoas

BrasilChina

Bolsonaro afaga China e agradece liberação de insumo para Coronavac

Assine nossa Newsletter