Terroristas decapitaram 15 adolescentes em Cabo Delgado

Terroristas decapitaram 15 adolescentes em Cabo Delgado durante ritual moçambicano

Crianças tinham entre os 12 e os 15 anos

Um ataque terrorista em Muidumbe, província de Cabo Delgado, resultou na decapitação de 20 pessoas, entre as quais 15 adolescentes, de acordo com o revelado pelo jornal A Carta.

As crianças em causa, todas do sexo masculino, estariam a participar numa cerimónia tradicional dos ritos de iniciação, onde estes são submetidos à circuncisão e a outros ensinamentos considerados “fundamentais para o ser humano”, como o respeito pelo próximo e pela vida. As outras cinco vítimas terão sido conselheiros dos participantes deste ritual moçambicano.

Segundo contam as fontes, os adolescentes, todos do sexo masculino, tinham idades compreendidas entre 12 e 15 anos e encontravam-se naquela aldeia há quase três semanas, alguns provenientes do vizinho distrito de Mueda. As outras vítimas mortais, cujas idades não foram avançadas, eram conselheiras dos participantes daquele ritual.

Artigos relacionados
EntrevistaMoçambique

Entrevista Plataforma: “Quem puder ajude-nos” – o apelo do Bispo de Pemba, uma cidade superlotada

Assine nossa Newsletter