Gala “Prémios da Lusofonia” distingue personalidades do mundo lusófono - Plataforma Media

Gala “Prémios da Lusofonia” distingue personalidades do mundo lusófono

A IV edição da gala “Prémios da Lusofonia” vai galardoar 14 personalidades e instituições do mundo lusófono, entre as quais o antigo primeiro-ministro cabo-verdiano José Maria Neves, segundo a organização.

Entre os galardoados estão o português Nuno Nina, que receberá o prémio Lusofonia 2020 na área Ciência e Saúde; o brasileiro Igor Marchesi, na área Moda e Estilismo; Nú Barreto, da Guiné-Bissau, na área de Artes Plásticas; a portuguesa Catarina Furtado, na área Comunicação Social; a moçambicana Ana Elisa Afonso, na área Educação; a guineense Olinda Beja, na área Literatura; a brasileira Cláudia Alencar, na área Teatro e Cinema, e o angolano Matias Damásio, na área Música.

Está também prevista a entrega do prémio Especial Lusofonia – Instituição Internacional, à Imamat Ismaili, do prémio Ação Empresarial ao empresário português Rui Nabeiro, do prémio Diplomacia Lusófona à embaixadora permanente de Timor-Leste Junto das Nações Unidas, a timorense Milena Pires, e do prémio Cidadania à diretora da Organização de Estados Ibero-americanos (OEI), a portuguesa Ana Paula Laborinho.

A administração dos prémios vai também distinguir o pretendente ao trono português, Duarte Pio, com o prémio Especial Lusofonia, e o antigo primeiro-ministro de Cabo-Verde José Maria Neves, com o prémio Carreira.

A administração da gala é constituída pela portuguesa Isabel Leitão, o português Mário Máximo, o embaixador brasileiro Lauro Moreira, o deputado do Partido Socialista Paulo Pisco, o gestor português Hélder de Oliveira e pelo escritor e jornalista guineense Tony Tcheka.

Aquela que será a quarta edição da gala tem início marcado para as 21:30 do próximo sábado, dia 24 de outubro, no auditório municipal Ruy de Carvalho, em Oeiras.

Devido às restrições impostas pelo combate à covid-19, a lotação do local será reduzida.

A cerimónia terá transmissão em direto na página “Prémios da Lusofonia”, na rede social Facebook.

Assine nossa Newsletter