TikTok deve ser vendida até 15 de setembro para continuar nos EUA - Plataforma Media

TikTok deve ser vendida até 15 de setembro para continuar nos EUA

A rede social TikTok, propriedade da empresa chinesa ByteDance, deve ser vendida até 15 de setembro para se manter em operação nos Estados Unidos, disse, esta segunda-feira, o Presidente norte-americano, Donald Trump.

Depois de na sexta-feira ter anunciado que iria proibir a TikTok nos Estados Unidos, por “razões de segurança nacional”, Trump avisou que a rede social vai ser encerrada em meados de setembro, a menos que a norte-americana Microsoft ou outra empresa a compre.

“Ela [TikTok] vai ser fechada em 15 de setembro, a menos que a Microsoft ou outra empresa possa comprá-la e encontrar um acordo”, afirmou o Presidente dos Estados Unidos.

A multinacional sediada em Redmond, no estado de Washington, adiantou, num comunicado emitido no domingo, que tenciona concluir as negociações com a ByteDance para a aquisição do serviço da TikTok em território norte-americano até 15 de setembro, na sequência de um encontro entre o seu CEO, Satya Nadella, e Donald Trump.

Em caso de aquisição do serviço, a Microsoft prometeu “uma revisão de segurança completa” e a entrega dos “benefícios económicos apropriados” aos Estados Unidos, procurando garantir que “todos os dados privados dos utilizadores norte-americanos do TikTok” sejam transferidos e permaneçam no país.

As negociações começaram quando ambas as empresas comunicaram a intenção de explorar uma “proposta preliminar” referente à aquisição do serviço da TikTok nos Estados Unidos, no Canadá, na Austrália e na Nova Zelândia.

Leia mais em Jornal de Notícias

Assine nossa Newsletter