“Já temos casos de empresas que não querem contratar mulheres” - Plataforma Media

“Já temos casos de empresas que não querem contratar mulheres”

A lei condena a discriminação por género no acesso ao trabalho, mas já há empresas que estão a recusar contratar mulheres devido à pandemia. Com a iminência de o primeiro período do ano letivo ser passado em casa com os filhos, sem aulas presenciais, o futuro laboral e financeiro das mulheres está em perigo, alerta especialista.

A chamada de atenção chega de quem está a apoiar empresas em processos de recrutamento e seleção de recursos humanos. Se o teletrabalho ameaça empurrar muitas mulheres para o limite da exaustão por terem de conciliar a vida profissional, pessoal, doméstica e maternal devido às contingências impostas pela pandemia provocada pelo novo Coronavírus, a dificuldade em cumprir trabalho presencial já está a afetar seriamente o acesso ao mercado laboral por parte do sexo feminino.

Leia mais em Delas.

Este artigo está disponível em: English

Artigos relacionados
PolíticaSociedade

ONU: talibãs rejeitam pedido para reverter restrições às mulheres

PolíticaPortugal

Mudanças às leis laborais avançam em Portugal sem subida no valor das horas extra

Gigantes farmacêuticos lucram 932 euros por segundo com a Covid-19

AngolaPolítica

MPLA propõe mulheres para Vice-Presidente e presidente do parlamento

Assine nossa Newsletter