Polícia prende repórter negro da CNN em Minneapolis - Plataforma Media

Polícia prende repórter negro da CNN em Minneapolis

Um repórter negro da CNN foi preso esta quinta-feira, dia 28, quando fazia a cobertura da onda de protestos, em Minneapolis, no Estados Unidos, pela morte de GeorgeFloyd, um homem negro que foi asfixiado por um polícia na última segunda-feira.

Tudo aconteceu quando o repórter em causa estava a fazer um direto para a CNN e de acordo com a polícia o jornalista foi detido porque não saiu do local em causa quando solicitado. Omar Jimenez mostrou a sua identificação de jornalista, mas mesmo assim foi levado para a esquadra policial.

Ainda de acordo com a CNN, na mesma equipa de jornalistas estava outra pessoa, branca, mas que acabou por não ser detida pela polícia de Minneapolis.

O jornalista acabou por ser libertado na manhã desta sexta-feira, 29, e à porta da esquadra tentou explicar toda a situação. “Estávamos a falar com os polícias para saber onde poderíamos estar a trabalhar, mas de um momento para o outro, após terem detido uma pessoa perto de nós, eles acabaram por prender-me. Eles disseram apenas que estavam a cumprir ordens. Não foram violentos”, salientou Omar.

Este artigo está disponível em: English

Artigos relacionados
Política

Homem armado é preso perto do Capitólio dos EUA

MundoSociedade

Poderoso lobby de armas nos EUA pede falência para fugir da justiça

MacauMundo

Macau rejeita relatório do Congresso dos Estados Unidos

MundoPolítica

O novo plano de ajuda de Biden em detalhe

Assine nossa Newsletter