Início » Kiev reclama ter intercetado dezenas dezenas de ‘drones’ e mísseis russos

Kiev reclama ter intercetado dezenas dezenas de ‘drones’ e mísseis russos

A Força Aérea ucraniana afirmou hoje ter abatido dezenas de mísseis e ‘drones’ lançados pela Rússia durante a noite em todo o país, num ataque que visava instalações de energia.

“O inimigo utilizou 76 meios de ataque aéreo, dos quais 55 mísseis e 21 ‘drones’ de ataque”, afirmou a força aérea nas redes sociais, acrescentando que os sistemas de defesa aérea intercetaram 39 mísseis e 20 ‘drones’.

De acordo com o Presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, o ataque da Rússia ocorrido na última madrugada atingiu sete regiões da Ucrânia.

Os ataques também danificaram a estação ferroviária e os carris de caminho de ferro na cidade de Kherson, nas margens do rio Dnieper, em território controlado pela Rússia, e feriram duas pessoas em Brovary, perto de Kiev.

A Rússia tem como alvo constante as infraestruturas de energia da Ucrânia.

Numa publicação difundida através das redes sociais, Zelensky referiu que os ataques de quarta-feira ocorreram no momento em que a Ucrânia assinala o fim dos combates europeus na Segunda Guerra Mundial (1939-1945).

“O mundo inteiro deve compreender claramente quem é quem; o mundo inteiro não tem o direito de dar outra oportunidade ao nazismo”, acusou Zelensky.

O operador da rede elétrica ucraniano, Ukrenergo, informou que foram atingidas instalações nas regiões de Vinnytsia, Zaporijia, Kirovohrad, Poltava e Ivano-Frankivsk.

De acordo com o governador regional Maksym Kozytskyi, duas instalações de energia foram atingidas na região de Lviv, no extremo ocidental do país e distante dos combates da linha da frente.

Contact Us

Generalist media, focusing on the relationship between Portuguese-speaking countries and China.

Plataforma Studio

Newsletter

Subscribe Plataforma Newsletter to keep up with everything!