Início Economia 5 estratégias para uma gestão sensata das suas dívidas

5 estratégias para uma gestão sensata das suas dívidas

Contra a nossa vontade, as dívidas acabam, numa ou em outra altura, por fazer parte da nossa vida pessoal e/ou profissional.

Apesar de terem um enorme peso financeiro, e até emocional, sobre nós, é possível, passo a passo e com muita racionalidade, fazermos uma gestão mais sensata das nossas dívidas. Como? É o que vamos saber já a seguir.

5 estratégias para fazer uma gestão mais sensata da sua dívida

1ª Crie um plano de pagamentos

A primeira a coisa a fazer para conseguir uma gestão mais sensata das suas dívidas, passa por elaborar um plano de pagamentos.

Este plano, deve contemplar um calendário de pagamento que comece com as dívidas mais antigas e que mais pressão estão a exercer sobre a sua vida financeira, isto é, aquelas sobre as quais paga mais juros.

Além disso, este plano de pagamentos deve ainda incluir a possibilidade de negociação de dívidas com os credores de modo a obter condições de pagamento que lhe sejam mais favoráveis.

O mais importante: mantenha-se fiel ao seu plano.

2ª Salde uma parte das dívidas

Para que a gestão das suas finanças saia facilitada, comece por tentar saldar uma parte ou a totalidade das dívidas mais antigas, ou que tenham um maior peso no seu orçamento mensal.

Caso não tenha o capital necessário a liquidar este tipo de dívidas, pode pedir um crédito pessoal.

Pode parecer contraproducente pagar dívidas com um empréstimo, mas a verdade é que se tem dívidas antigas, perante diversos credores, que estão a acumular juros de mora todos os meses e que já ameaçam serem levadas a tribunal, um crédito pessoal vai permitir-lhe não só saldar essas dívidas de imediato, como também beneficiar de mensalidades e taxas de juro fixas e de um prazo de pagamento mais alargado.

Por exemplo, a solução de crédito pessoal do UNIBANCO, marca da UNICRE – Instituição Financeira de Crédito, S.A, coloca ao seu dispor montantes de financiamento entre os €5.000 e os €75.000, prazos de pagamento que oscilam entre 24 e 84 meses, e à data de fevereiro de 2024, TAN desde 7,700% e TAEG desde 9,9%.

Depois de utilizar o simulador online que vai encontrar na página de crédito pessoal do UNIBANCO, basta-lhe clicar no botão “Pedir crédito”, preencher o formulário online e anexar os documentos necessários para que o seu pedido entre em processo de análise.

Caso seja aprovado, irá receber o dinheiro pedido na sua conta bancária no prazo de alguns dias.

É ainda importante sublinhar que este crédito pessoal UNIBANCO não tem comissão de abertura, vem com hipótese de seguro (assegura a sua saúde financeira em caso de perda de rendimentos) e taxa fixa até ao final do contrato.

3ª Reduza as suas despesas fixas

Para conseguir ter uma maior liquidez que lhe permita reduzir as suas dívidas, procure fazer um consumo mais saudável e renegociar contratos de eletricidade, gás e telecomunicações.

Por exemplo, no caso do gás e da eletricidade, faça uso do simulador online da ERSE (Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos) e procure um fornecedor de energia mais barato.

Já no caso das telecomunicações, o nosso conselho vai para que utilize o simulador que o site da ANACOM (Autoridade Nacional de Comunicações) disponibiliza. Caso encontre um tarifário mais reduzido, não hesite em mudar.

4ª Procure fontes adicionais de rendimento

A melhor forma de diminuir o peso das dívidas no seu orçamento mensal e pagar mais rapidamente tudo aquilo que deve é procurar fontes adicionais de rendimento.

Pondere arranjar um part-time ou vender roupa e objetos que não utiliza nos marketplaces das redes sociais.

5ª Negoceie com os credores

Como referimos no ponto 1, é importante que tente renegociar as suas dívidas com os credores para que, por exemplo, possa fazer pagamentos inferiores e num prazo mais alargado.

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!