Encontrados mais quatro corpos sem vida em Cabo Delgado - Plataforma Media

Encontrados mais quatro corpos sem vida em Cabo Delgado

A população da aldeia de Mandava, em Muidumbe, na província de Cabo Delgado, encontrou quatro pessoas decapitadas em campos agrícolas, disseram hoje à Lusa fontes locais.

“Parece que eles foram surpreendidos com homens que tinham catanas e estavam com as caras tapadas. Os homens tiraram [as quatro pessoas] das machambas [campos agrícolas] e depois degolaram-nas”, disse um residente da aldeia, que estava também no campo agrícola, mas conseguiu escapar.

As vítimas estavam a preparar a terra para o plantio, referiu o residente.

Um outro residente da região disse à Lusa que algumas pessoas abandonaram a aldeia de Mandava, após o sucedido, e refugiando-se em Namande, uma aldeia próxima, onde tem uma posição das forças locais.

“Alguns estão a sair porque não há segurança aqui na aldeia. As nossas vidas correm perigo”, disse a fonte.

A força local, ex-combatentes que têm apoiado o combate ao terrorismo em Cabo Delgado, foi destacada para a localidade de Mandava para controlar a situação.

A província de Cabo Delgado enfrenta há cinco anos uma insurgência armada com alguns ataques reclamados pelo grupo extremista Estado Islâmico.

A insurgência levou a uma resposta militar desde julho de 2021 com apoio do Ruanda e da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC), libertando distritos junto aos projetos de gás, mas surgiram novas vagas de ataques a sul da região e na vizinha província de Nampula.

O conflito já fez um milhão de deslocados, de acordo com o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), e cerca de 4.000 mortes, segundo o projeto de registo de conflitos ACLED.

*Com Lusa

Related posts
MoçambiqueSociedade

Exército moçambicano anuncia morte de suposto líder de terroristas

Sociedade

ONG exige responsabilização no caso de corpos queimados em Cabo Delgado

MoçambiqueSociedade

Anunciada nova operação para destruir bases rebeldes em Cabo Delgado

MoçambiquePolítica

Consolidação de segurança é prioridade face a “focos” de instabilidade em Cabo Delgado

Assine nossa Newsletter