Início Destaques Encontrados mais quatro corpos sem vida em Cabo Delgado

Encontrados mais quatro corpos sem vida em Cabo Delgado

A população da aldeia de Mandava, em Muidumbe, na província de Cabo Delgado, encontrou quatro pessoas decapitadas em campos agrícolas, disseram hoje à Lusa fontes locais.

“Parece que eles foram surpreendidos com homens que tinham catanas e estavam com as caras tapadas. Os homens tiraram [as quatro pessoas] das machambas [campos agrícolas] e depois degolaram-nas”, disse um residente da aldeia, que estava também no campo agrícola, mas conseguiu escapar.

As vítimas estavam a preparar a terra para o plantio, referiu o residente.

Um outro residente da região disse à Lusa que algumas pessoas abandonaram a aldeia de Mandava, após o sucedido, e refugiando-se em Namande, uma aldeia próxima, onde tem uma posição das forças locais.

“Alguns estão a sair porque não há segurança aqui na aldeia. As nossas vidas correm perigo”, disse a fonte.

A força local, ex-combatentes que têm apoiado o combate ao terrorismo em Cabo Delgado, foi destacada para a localidade de Mandava para controlar a situação.

A província de Cabo Delgado enfrenta há cinco anos uma insurgência armada com alguns ataques reclamados pelo grupo extremista Estado Islâmico.

A insurgência levou a uma resposta militar desde julho de 2021 com apoio do Ruanda e da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC), libertando distritos junto aos projetos de gás, mas surgiram novas vagas de ataques a sul da região e na vizinha província de Nampula.

O conflito já fez um milhão de deslocados, de acordo com o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), e cerca de 4.000 mortes, segundo o projeto de registo de conflitos ACLED.

*Com Lusa

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!