Astrazeneca diz que terceira dose aumenta anticorpos contra a Ómicron -

Astrazeneca diz que terceira dose aumenta anticorpos contra a Ómicron

O laboratório farmacêutico anglo-sueco Astrazeneca anunciou esta quinta-feira que uma terceira dose da sua vacina contra a Covid-19 aumenta “significativamente” o nível de anticorpos contra a variante Ómicron, citando um estudo clínico.

“Os níveis de anticorpos que neutralizam a Ómicron após uma terceira dose da Vaxzevria [vacina contra a Covid-19] foram globalmente similares aos níveis alcançados após as duas doses contra a variante Delta”, detalhou a farmacêutica Astrazeneca em comunicado.

“Os níveis observados após uma terceira dose foram maiores do que os anticorpos encontrados em indivíduos que haviam sido previamente infetados e recuperaram-se naturalmente” das variantes Alfa, Beta, Delta e cepas originais do SARS-CoV-2, referiu o laboratório.

O estudo da terceira dose foi conduzido “independentemente” por investigadores da Universidade de Oxford com quem a farmacêutica desenvolveu a sua vacina.

“É muito encorajador ver que as vacinas atuais têm o potencial de proteger contra a Ómicron após uma terceira dose de reforço”, declarou John Bell, um dos investigadores da Astrazeneca que conduziram o estudo.

O laboratório anglo-sueco anunciou paralelamente, noutro comunicado à imprensa, que o seu ‘cocktail’ de anticorpos de longa ação para a prevenção da Covid-19 Evusheld “mantém a sua atividade neutralizadora contra a variante Ómicron”, segundo um estudo da Universidade de Oxford e da Escola de Medicina da Universidade de Washington, em St. Louis, nos Estados Unidos.

Leia mais em TSF

Assine nossa Newsletter