Cabo Delgado: Forças moçambicanas dizem ter matado 150 rebeldes - Plataforma Media

Cabo Delgado: Forças moçambicanas dizem ter matado 150 rebeldes

As Forças de Defesa e Segurança (FDS) moçambicanas afirmam ter matado cerca de 150 rebeldes e capturado outras 39 pessoas suspeitas de integrar a insurgência em Cabo Delgado, norte do país.

O anúncio foi feito hoje na Rádio Moçambique, emissora estatal, pelo comandante interino do teatro operacional de Afungi, Francisco Assane.

Segundo referiu o comandante, os números dizem respeito ao balanço de operações levadas a cabo na última semana entre 21 e 23 de junho no distrito de Palma.

“O inimigo fez uma ofensiva contra as posição [das FDS] em Monjane e Palma”, descreveu, dizendo que os números refletem “o resultado desses combates”, sem fazer referência a baixas do lado das forças moçambicanas.

Outras pessoas foram “capturadas em batalha com o inimigo”.

O anúncio está em linha com os relatos de violência armada feitos à Lusa por deslocados que têm chegado nas últimas semanas a Pemba, capital provincial.

O distrito de palma acolhia o projeto de exploração de gás natural liderado pela Total, o maior investimento privado em África (da ordem dos 20 mil milhões de euros), entretanto suspenso devido à insegurança na região.

Grupos armados aterrorizam Cabo Delgado desde 2017, sendo alguns ataques reclamados pelo grupo ‘jihadista’ Estado Islâmico, numa onda de violência que já provocou mais de 2.800 mortes segundo o projeto de registo de conflitos ACLED e 732.000 deslocados de acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU).

Related posts
MoçambiquePolítica

Ataques: PR diz que mandato das forças estrangeiras é solidário e visa salvar vidas

LusofoniaMoçambique

Lusófonos manifestam solidariedade com Moçambique, mas sem apoio concreto

MoçambiquePolítica

Cabo Delgado: Ministro da Defesa português ouvido hoje no parlamento

MoçambiquePolítica

Cabo Delgado: Ministro da Defesa português ouvido hoje no parlamento

Assine nossa Newsletter