Nike rompeu com Neymar em meio a investigação de assédio sexual - Plataforma Media

Nike rompeu com Neymar em meio a investigação de assédio sexual

Funcionária da empresa acusa jogador de tentar forçá-la a praticar sexo oral; ele nega.

O rompimento entre Nike e Neymar, em agosto do ano passado, deu-se em meio a uma investigação sobre um suposto ato de assédio sexual do jogador, publicou The Wall Street Journal e confirmou a Folha. Uma funcionária da empresa acusa o atleta de ter tentado forçá-la a praticar sexo oral, o que é negado por ele.

A mulher diz ter relatado o suposto incidente a amigos e colegas em 2016. De acordo com documentos obtidos pelo jornal norte-americano, ela protocolou em 2018 uma reclamação formal, que passou a ser investigada pela empresa de material esportivo. A Nike explicou, segundo o diário, que Neymar não cooperou com essa apuração e por isso teve o contrato encerrado.

Fontes próximas ao jogador disseram à Folha que a acusação já era conhecida por ele e seu pai. Foi por orientação de advogados contratados pelo atleta que ele decidiu se recusar a colaborar com a investigação.

Leia mais em Folha de S.Paulo

Related posts
BrasilDesporto

Brasil conta com Neymar para as Olimpíadas em Tóquio

ChinaPolítica

Nike é criticada na China por se manifestar sobre direitos da minoria uigur

BrasilLifestyle

Neymar, novo astro do Fortnite para integrar os eSports

BrasilDesporto

Neymar custou 1,3 milhões por jogo em 2020

Assine nossa Newsletter