Cinema de Ano Novo

Cinema de Ano Novo

Para este novo Ano do Boi, ficam os votos de boas entradas, muita saúde e sucesso para todos!

Devido às medidas antiepidémicas em vigor, este ano não tivemos a Feira de Ano Novo, fogo-de-artifício ou desfiles, e o espírito de festa foi diferente. Mas felizmente, em Macau, onde a situação do vírus está mais ou menos controlada, os cinemas continuam abertos, e por isso deixo a sugestão de irem ver a comédia de suspense produzida no continente chamada “Detective Chinatown 3”.

Segundo o Departamento de Cinema de Guangdong, nesta província o filme arrecadou um lucro total de 201 milhões de RMB durante o primeiro dia do Ano Lunar, o melhor resultado diário na história. Em comparação com os dados de 2019, representou um crescimento de 16,76 por cento, com 55.700 sessões e mais de quatro milhões de espetadores. A nível nacional o filme também conseguiu bater o recorde de bilheteiras do mesmo dia, com um total de seis mil milhões de RMB, ultrapassando os 5,8 mil milhões registados em 2019.

A indústria de cinema da China continental tem-se desenvolvido rapidamente ao longo dos últimos anos, com sucessivos recordes de bilheteiras. “Detective Chinatown 3” por exemplo, conseguiu vender 774 milhões de bilhetes antes da estreia, ultrapassando o anterior recorde no país com o filme “Vingadores: Endgame”.

Regiões de língua chinesa, incluindo o continente, Hong Kong, Taiwan e Malásia, são fontes de produções cinematográficas todos os anos. Acredito que todos temos um filme que nos marcou. No futuro, as idas ao cinema poderão até tornar-se numa tradição do Festival da Primavera. Quando começará Macau a produzir o seu próprio cinema de Ano Novo?

*Editor da edição em chinês do Plataforma

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Artigos relacionados
Opinião

Coração normal

Opinião

Vozes de Macau

Opinião

Falta de sono

Editorial

Preparações para o Ano Novo

Assine nossa Newsletter