Preparações para o Ano Novo - Plataforma Media

Preparações para o Ano Novo

Faltam duas semanas para o início do Ano Novo chinês. Os mercados de Macau já começaram as decorações e o espírito festivo está no ar. Porém, sob a nuvem negra da pandemia, parece que este ano também será fora do normal.

Como medida de prevenção epidémica, o governo decidiu cancelar a Feira de Ano Novo, o espetáculo de fogo de artificio e outros eventos de celebração popular. O recente caso de um infetado assintomático em Zhuhai veio trazer mais destabilização, mas felizmente as autoridades afirmam que o risco de propagação é baixo, e por isso não são para já necessárias alterações às medidas de controlo e prevenção epidémicas. No entanto, devemos aproveitar esta situação para sensibilizar ainda mais a população sobre as devidas medidas de prevenção.

O período antes do Ano Novo chinês é sempre marcado por um pico de vendas. Este ano, com a campanha do continente para um “Ano Novo sem viagens”, de acordo com os media, muitos chineses do continente cancelaram os planos turísticos, enquanto outros escolheram viajar até Macau, antecipadamente, e tentar fazer as compras de Ano Novo. O mercado parece continuar em alta, mas o setor do comércio vive um dia de cada vez. Ninguém sabe o que irá acontecer depois das festividades.

Como resposta à epidemia, no ano passado as autoridades de Macau lançaram duas etapas de estímulos económicos, incluindo a distribuição de vales de consumo. A pandemia continua a evoluir pelo resto do mundo, surgindo até casos esporádicos no continente, sendo que e a economia local depende largamente do mercado da China.

Alguns deputados e membros da indústria esperam que o Governo avance para uma terceira ronda de incentivos e, embora não tenha sido anunciada qualquer medida relacionada, algumas empresas de Macau estão a distribuir bónus salariais antes do Ano Novo, ajudando a aumentar a procura do mercado local. Mesmo assim, a longo prazo a cidade terá de desenvolver novas soluções. Como será Macau após as festas?

*Editor da edição em chinês do Plataforma

Artigos relacionados
Opinião

Coração normal

Opinião

Cinema de Ano Novo

Opinião

Vozes de Macau

Opinião

Falta de sono

Assine nossa Newsletter