Pacientes com Junta Médica em Portugal passam a ser tratados no país a partir de Fevereiro - Plataforma Media

Pacientes com Junta Médica em Portugal passam a ser tratados no país a partir de Fevereiro

A ministra de estado para a Área Social, Carolina Cerqueira, anunciou, ontem, que no âmbito do alinhamento das prioridades a nível de assistência médica e considerando grande impacto no Orçamento Geral do Estado que advém do envio de doentes para o exterior do país em tratamento médico às custas do Estado em junta médica, tornou-se urgente proceder a um corte neste processo que dura mais de quatro décadas, porque na altura o Serviço nacional de Saúde não tinha capacidades nem recursos humanos e tecnológicos para a resolução dos problemas de saúde mais complicados

A governante, que falava em conferência de imprensa no CIAM, explicou que no decorrer dos anos, o objectivo da junta foi adulterado, havendo casos de cidadãos que foram de junta, especialmente para Portugal, que permaneceram anos e anos seguidos, sendo que outros ainda insistem em permanecer às custas do erário público mesmo com alta médica.

De acordo com Carolina Cerqueira, esta situação beneficiou uma pequena faixa da população, principalmente da classe média, quando os mais necessitados por vezes não podiam sair por falta de recursos financeiros.

Leia mais em O País

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Artigos relacionados
AngolaPolítica

Angola prevê vacinar 53 por cento da população

AngolaCultura

Projecto cultural cria espaços de recreação na comunidade

AngolaSociedade

Detida suspeita de abandonar recém-nascido na via pública em Luanda

AngolaSociedade

Angolano encontrado com mais de 80 mil dólares perde dinheiro e é condenado a multa

Assine nossa Newsletter