#naruapelacultura junta milhares em protesto nas redes sociais - Plataforma Media

#naruapelacultura junta milhares em protesto nas redes sociais

A iniciativa de protesto foi justificada por, depois de quase um ano de “atividade profundamente condicionada pela pandemia” de covid-19, persistirem “as brutais consequências de toda uma vida de precariedade laboral”.

Milhares de mensagens, publicadas nas redes sociais por trabalhadores da Cultura, alertaram hoje para a situação do setor, um dos mais afetados pela pandemia, e para a insuficiência de apoios, no âmbito do protesto convocado por associações profissionais.

Atores, encenadores, músicos, escritores, compositores, bailarinos, coreógrafos, cineastas, artistas visuais, produtores e técnicos de espetáculo, companhias de dança e de teatro, grupos de música, organizadores de festivais reuniram-se sob o mesmo apelo, “na rua pela cultura”.

Leia mais em Dinheiro Vivo

Artigos relacionados
CulturaPortugal

Filme "Vitalina Varela" de Pedro Costa de fora da corrida aos Óscares

Lifestyle

Asia Argento acusa diretor de 'Velocidade Furiosa' de abuso sexual

CulturaGuiné-Bissau

"Não quero ser a mascote da cultura da Guiné-Bissau"

CulturaMundo

A onda afro-americana chegou ao cinema

Assine nossa Newsletter