Fundação Palmares exclui 27 negros de lista de personalidades homenageadas - Plataforma Media

Fundação Palmares exclui 27 negros de lista de personalidades homenageadas

Decisão acompanha publicações de Sérgio Camargo, presidente da instituição, contra artistas e políticos

A Fundação Cultural Palmares, órgão ligado ao governo federal que tem por atribuição valorizar a produção de negros brasileiros e combater o racismo, publicou em seu site nesta quarta-feira (2) uma nota afirmando que 27 nomes foram retirados de uma lista de personalidades homenageadas.

As deferências vêm de governos anteriores ao do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e incluem artistas, políticos e esportistas, entre outros. Saíram do grupo a deputada federal Benedita da Silva (PT), a escritora Conceição Evaristo, os cantores Elza Soares, Gilberto Gil e Martinho da Vila e a ex-senadora da Rede Marina Silva (veja abaixo a lista completa). A exclusão dos nomes gerou protestos nas redes.

Leia mais em Folha de S.Paulo.

Artigos relacionados
Cabo VerdeLifestyle

Primeira bailarina negra na Staatsballet Berlim luta contra o racismo no 'ballet'

BrasilSociedade

Juízes negros brasileiros unem-se contra desigualdade racial nos tribunais

BrasilDesporto

Funcionários denunciam suposto caso de racismo e assédio moral no Santos

BrasilCultura

Governo Bolsonaro critica reedição de Monteiro Lobato que suprime trechos racistas

Assine nossa Newsletter