Biden fratura pé - Plataforma Media

Biden fratura pé

O presidente eleito dos EUA, Joe Biden, fraturou o pé e provavelmente terá que usar uma bota médica, comunicou a sua equipa no domingo, depois de ser levado ao médico por ter escorregado enquanto brincava com o seu cão.

Biden, que se tornará o presidente mais velho dos Estados Unidos, com 78 anos de idade, sofreu a lesão no sábado com Major, um dos seus dois pastores alemães.

O médico pessoal do presidente eleito Kevin O’Connor disse inicialmente que as radiografias não revelaram nenhuma “fratura óbvia”, mas acrescentou que uma tomografia computadorizada adicional ainda seria feita.

O exame “confirmou fraturas (pequenas)… no meio do pé”, disse O’Connor num comunicado divulgado pelo gabinete de Biden.

O’Connor acrescentou ainda que o ex-vice-presidente, que venceu a eleição contra Donald Trump em novembro, “provavelmente precisará de uma bota médica por várias semanas”.

Com Biden e Trump na casa dos 70 anos, a idade era um problema na corrida presidencial, mesmo que muitas vezes ficasse em segundo plano em questões urgentes como a pandemia de Covid-19.

“Fique bem logo!” Trump disse no Twitter, num retuíte de um vídeo da NBC, que mostra Biden a sair de um consultório ortopédico.

A saúde de Trump foi brevemente motivo de intensa preocupação quando ele deu positivo à Covid-19, mas o presidente retomou a campanha depois de receber uma série de tratamentos – incluindo uma mistura experimental de anticorpos.

Os Bidens promoveram e depois adotaram Major em 2018, enquanto Champ está com a família desde 2008.

Funcionários de Biden disseram que Major vai se tornar o primeiro cão de resgate a viver na Casa Branca.

Este artigo está disponível em: English

Artigos relacionados
MundoPolítica

Biden liga a Trudeau na primeira conversa telefónica com um líder estrangeiro

MundoPolítica

O casal Biden esperou para entrar à porta da Casa Branca. O "porteiro" fora demitido horas antes

MundoPolítica

União Europeia saúda regresso dos EUA ao Acordo de Paris

MundoPolítica

Biden acelera combate ao coronavírus nos Estados Unidos

Assine nossa Newsletter