Dívida pública de Angola com redução considerável - Plataforma Media

Dívida pública de Angola com redução considerável

O ministro de Estado para a Coordenação Económica informou, ontem, que a dívida pública baixou de 80.3 mil milhões de dólares americanos, em 2017, para os actuais 67.2 mil milhões

Manuel Nunes Júnior, que falava durante o debate, na especialidade, do Orçamento Geral do Estado para 2021, entre a equipa económica e deputados, disse que, em 2018 e 2019, o Executivo teve uma política orçamental destinada a controlar o défice, para que houvesse menos necessidade de endividamento.

O ministro de Estado acalmou os mais cépticos, afirmando que, apesar do nível da dívida ser relativamente alta, a tendência, ainda é controlável. “É preciso controlar a dívida  para que ela se torne sustentável e estamos a conseguir fazer isso”, garantiu.

Sublinhou que mesmo as economias mais avançadas do mundo também se endividam. A dívida só passa a ser preocupante, quando se torna insustentável, referiu o ministro, acrescentando que isso acontece quando o país deixa de ter capacidade de satisfazer e honrar os compromissos.

Segundo Manuel Nunes Júnior, o esforço de consolidação fiscal em curso está a surtir efeitos, tendo em conta o trabalho de disciplina e o foco que se tem imprimido às finanças públicas.Defendeu que os sectores da Agricultura, Indústria, Pescas e outros devem reanimar-se e começar a crescer, para que o país tenha menos necessidade de endividamento e a dívida se torne mais sustentável.

Leia mais em Jornal de Angola

Artigos relacionados
EconomiaPortugal

Endividamento da economia portuguesa superou os 738 mil milhões

AngolaChina

"China tem feito tudo o que pode para ajudar Angola"

EconomiaMoçambique

Moçambicanos cada vez mais lesados pelo sobreendividamento do país

AngolaEconomia

FMI devia ajudar Angola a reestruturar a dívida pública, defende ONG

Assine nossa Newsletter