Pedido de desculpas falhado - Plataforma Media

Pedido de desculpas falhado

Há cerca de um mês, a Direção dos Serviços para os Assuntos de Tráfego anunciou que a partir de agosto iria ajustar a frequência de alguns autocarros. Durante a semana, os minutos de espera entre autocarros nas horas de ponta aumentarão entre 2 a 5 minutos na parte da manhã e entre 4 a 9 minutos na parte da tarde, sendo os restantes horários ajustados em conformidade. Esta notícia gerou grande controvérsia nas redes sociais, com o público a criticar o ajuste e por isso resultar numa diferença de 20 a 30 minutos entre autocarros, e em casos de rotas noturnas numa diferença de até 60 minutos. 

Três dias após a notícia, numa conferência de imprensa urgente organizada pela Direção dos Serviços para os Assuntos de Tráfego, o Diretor, Lam Hin San, esclareceu que iriam ser reduzidas 200 partidas de autocarros, resultando numa poupança total de 2 milhões de patacas. E avançou com um “pedido de desculpas” pelo mal-entendido em relação ao ajuste dos horários.

No final de agosto, a Direção dos Serviços de Educação e Juventude anunciou que as crianças até 3 anos não deveriam usar máscaras ou ficar no recreio da escola durante um longo período de tempo. Ainda segundo as recentes medidas de prevenção epidémica dos Serviços de Saúde, até ao início do ano letivo no passado dia 1 de setembro, essas crianças não deveriam regressar à escola. Muitos pais ficaram furiosos com a decisão e com o custo que representa a decisão. Muitos questionaram ainda o porquê de estas crianças não poderem regressar à escola, mas poderem ingressar em jardins-de-infância. Lou Pak Sang, diretor da DSEJ, pediu desculpa a todos os pais afetados. Acentuou, contudo, que apesar de todas as falhas na medida, é uma política do Governo e por isso não irá mudar.

Mesmo com os pedidos de desculpa, mas sem admitirem os erros, estes podem repetir-se. O Governo entende que um pedido de desculpas significa que estão a assumir responsabilidade pelo problema e que podem seguir em frente. Não nos podemos esquecer que admitir um erro significa que o pedido de desculpas deve ser seguido por uma ação que resolva a situação criada.

Este artigo está disponível em: English 繁體中文

Artigos relacionados
Opinião

China quer silenciar

Opinião

Testes à Covid-19

Opinião

1 de julho

Opinião

Pandemia e inundação

Assine nossa Newsletter