Covid-19 espalha-se por comunidades e mata dois índios por dia no Brasil - Plataforma Media

Covid-19 espalha-se por comunidades e mata dois índios por dia no Brasil

Após quase seis meses de pandemia no Brasil, governo federal ainda discute planos de proteção

Quase seis meses após a chegada do novo coronavírus ao Brasil, a Covid-19 segue se espalhando pelas comunidades indígenas e provocando mortes. A cada dia, dois índios morrem em decorrência da doença nas aldeias.

Mesmo com a gravidade, o governo ainda está na fase de discussão de projetos para proteger a população indígena, apesar de decisões que o obrigam, proferidas pelo STF (Supremo Tribunal Federal).

Dados da Sesai (Secretaria de Saúde Indígena) apontam 352 mortes de índios em decorrência da Covid-19 nas aldeias e um total de 21.064 casos confirmados da doença, até sexta-feira (21). A cada hora, cinco indígenas são contaminados.

Os números, no entanto, podem ser maiores. De acordo com balanço da Apib (Articulação dos Povos Indígenas), foram 700 os índios que perderam a vida pela Covid-19 e há um total de 26.615 contaminados.

Leia mais em Folha de S.Paulo

Este artigo está disponível em: English

Artigos relacionados
Sociedade

Covid-19: Recuperação em África será lenta e desigual

PortugalSociedade

Mais 87 mortes e 4868 casos de Covid-19 em Portugal

PortugalSociedade

Portugueses apoiam restrições às viagens no Natal e Ano Novo

Cabo VerdePolítica

Banco Mundial dá 4,18 ME a Cabo Verde para financiar vacinas

Assine nossa Newsletter