Ministra das Finanças de Angola na lista das mulheres mais influentes de África - Plataforma Media

Ministra das Finanças de Angola na lista das mulheres mais influentes de África

A ministra angolana das Finanças, Vera Daves, consta da lista das 100 mulheres africanas mais influentes. Do ranking, elaborado pela Avance Media, apenas outra mulher dos Palop é distinguida, a moçambicana Graça Machel.

A lista, elaborada pela Avance Media, conta com uma representação das mulheres africanas mais poderosas de 34 países. As eleitas têm várias origens profissionais, incluindo diplomacia, política, ativismo, empreendedorismo, liderança empresarial e entretenimento. Nigéria, África do Sul e Gana registram o maior número de mulheres com 20, 11 e nove representantes, respectivamente.

A lista de 2020 apresenta um número recorde de novas participantes com alguns dos principais nomes como Halima Dangote, a ativista ugandense Stella Nyanzi, membro do Comitê Olímpico, Lydia Nsekera e as únicas duas ministras das finanças de África: Vera Daves (Angola) e Zainab Shamsuna Ahmed (Nigéria).

De acordo com o Prince Akpah, Diretor Executivo da Avance Media, a lista “concentra-se nas mulheres que estão a liderar várias iniciativas em todo o continente”, sendo o principal objetivo da sua divulgação “apresentá-las como modelos para a geração mais jovem”.

O mesmo responsável sustenta que “estas mulheres foram selecionadas por causa das suas incríveis realizações como mulheres e que merecem altas recomendações entre outras mulheres pioneiras na África”.

Os critérios de seleção incluíram: Excelência em liderança e desempenho, realizações pessoais, compromisso com a partilha de conhecimentos, quebrar o Status Quo e ser uma mulher africana realizada.

Confira aqui a lista na íntegra

Este artigo está disponível em: English

Artigos relacionados
ChinaEconomia

China prepara medidas após incumprimento de empresas estatais

EconomiaMundo

Japão quer transformar Tóquio num centro financeiro internacional

AngolaEconomia

Angola e Portugal eliminam dupla tributação

Cabo VerdeEconomia

Cabo Verde corta em carros, alugueres e consultoria para equilibrar contas públicas

Assine nossa Newsletter