Amor Em Exagero Perde O Seu Valor - Plataforma Media

Amor Em Exagero Perde O Seu Valor

Se uma aldeia com 10 residências sofrer com umas cheias e ajudarmos os dois melhores amigos que ali residem, iremos ser recebidos com gratidão e amizade e os restantes habitantes irão arrepender-se de não terem tido uma boa relação connosco. Se ajudarmos cinco, os nossos amigos vão achar normal, porém as restantes cinco famílias irão odiar-nos. Se ajudarmos oito, todos irão achar que a nossa assistência é algo a que têm direito, e os restantes 2 irão odiar-nos ainda mais. Se ajudarmos as 10 famílias, todos irão duvidar e achar que fomos nós que causámos as cheias, e na próxima vez que tal acontecer todos irão pedir a nossa ajuda. 

Ajuda e compensação estão a uma distância muito curta, tal como a gratidão e o ódio. No que diz respeito a relações internacionais, a gratidão nunca pode ser retribuída, apenas princípios podem ser respeitados. A China outrora decidiu ajudar a Albânia, mas no final essa ajuda tornou-se um fardo, e a simpatia tornou-se ressentimento. Também ajudámos o Vietnam, oferecemos alimentos e recebemos ódio, demos dinheiro e fomos recebidos com balas. E durante a segunda guerra mundial, quando os EUA largaram bombas atómicas em Hiroxima e Nagasaki, matando inúmeras pessoas e deixando as cidades em ruínas, oferecemos assistência para receber em troca o respeito do Japão. Se fôssemos um país pequeno de tamanho Europeu, poderíamos agir como a virgem Maria, se estivéssemos longe como a Austrália, receberíamos amor. Mas infelizmente somos a China, um país responsável e com uma missão, e mesmo com a pressão americana, o nosso objetivo continua a ser grandioso. 

A simpatia faz parte dos chineses, e ao enfrentar a atual epidemia, o presidente da Sérvia já pediu repetidamente ajuda à China. Toda a nação ficou comovida com a atitude e a ajuda chinesa nasceu da vontade do seu povo. Quando a equipa médica chinesa chegou ao país foi recebida pelo presidente, que beijou a bandeira vermelha chinesa. Mostraram-nos o que a amizade e gratidão são e o povo sérvio nunca irá esquecer esta ajuda. Este é o tipo de relação de que nos orgulhamos, e amigos assim estão sempre dispostos a ajudar, mas apenas os que merecem, recebem esta simpatia. 

Os EUA riem-se do recente surto na China, usando essa atitude como uma forma de responsabilizar o país e afirmando que quando tudo acabar irão acertar contas com a China. Mesmo existindo uma séria escassez de produtos médicos, Donald Trump apenas está disposto a comprar máscaras a Moon Jae-in e não se atreve a pedir ajuda à China. E a China fica de fora a ver, porque o amor em exagero perde o seu valor. 

DAVID CHAN 17.04.2020

Artigos relacionados
Opinião

Liberalismo selvagem

Opinião

A Carne De Porco É Cara? Criemos Porcos!

Opinião

Pedido de Compensação Americano Terá Lugar Amanhã

Opinião

O caminho da montanha

Assine nossa Newsletter