Portugal produz cada vez mais emissões de gases com efeitos de estufa

As emissões de gases com efeito de estufa (GEE) aumentaram 1,2% em Portugal em 2022 face a 2021, de acordo com estimativas preliminares, indicam as Estatísticas do Ambiente divulgadas esta quarta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

por Gonçalo Lopes

Em 2021, as estimativas das GEE indicavam um decréscimo de 1,3% em relação ao ano anterior, “mantendo a trajetória decrescente desde 2017”.

O aumento o ano passado “resultou essencialmente do acréscimo das emissões do setor da energia (+2,1%) e do setor dos processos industriais e uso de produtos (+0,5%)”.

Em relação à qualidade do ar, 2022 teve em média 28,2% dos dias classificados como muito bons e 45,6% como bons, valores que em 2021 foram de 31% e 45,9%, respetivamente.

Os dados do INE relativos a 2022 mostram que este foi o ano “mais quente dos últimos 92 anos”, com “um valor médio da temperatura média do ar de 16,64 ºC”.

Leia mais em Jornal de Notícias

Pode também interessar

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!