População chinesa diminui pela primeira vez em mais de 60 anos - Plataforma Media

População chinesa diminui pela primeira vez em mais de 60 anos

A população da China diminuiu pela primeira vez em mais de seis décadas no ano passado, segundo dados oficiais divulgados nesta terça-feira (17), apontando para uma crise demográfica no país mais populoso do mundo.

No final de 2022, a população nacional da China era de 1,4 bilhão, informou o Escritório Nacional de Estatísticas (ONE) em Pequim, especificando que é “uma diminuição de 850 mil desde o final de 2021”.

A taxa de natalidade do país caiu para níveis históricos em meio ao envelhecimento da população, um declínio acelerado que, segundo analistas, pode prejudicar o crescimento econômico e pressionar as finanças públicas.

A última vez que a população da China diminuiu foi em 1960, quando o país enfrentou a pior fome de sua história moderna, causada pelo ‘Grande Salto Adiante’, a política agrícola de Mao Tsé-Tung.

A China suspendeu em 2016 sua rígida política de filho único, imposta na década de 1980 devido a temores de superpopulação, e em 2021 começou a permitir que os casais tivessem três filhos.

Mas essas mudanças de política não conseguiram conter o declínio demográfico.

Este artigo está disponível em: English

Assine nossa Newsletter