Covid-19: China acaba com quarentenas obrigatórias para entrar no país a partir de 8 de Janeiro

por Viviana Chan
TDM Rádio Macau

A China vai acabar com a obrigatoriedade de quarentena para viajantes oriundos do exterior a partir de 08 de Janeiro.

Anúncio feito ontem à noite pelas autoridades chinesas, após o levantamento, este mês, da maioria das medidas anti-COVID-19 que estavam em vigor desde 2020.

A partir de domingo, dia 8 de Janeiro de 2023, será apenas exigido um teste negativo com menos de 48 horas para entrar no continente, com os passageiros a não precisarem de solicitar um código verde de saúde antes de viajarem para a China, esclarece um comunicado de ontem à noite da Comissão Nacional de Saúde.

De acordo com as autoridades sanitárias chinesas, a COVID-19 deixará ser considerada uma doença de categoria A, o nível máximo de perigo e cuja contenção implica as medidas mais severas, para ser catalogada como categoria B, que implica um controlo menos exigente.

Por isso, a Comissão Nacional de Saúde informou que já não considera a COVID-19 como uma “pneumonia”, mas como uma doença “contagiosa” menos perigosa.

Pode também interessar

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!