Depressão e ansiedade afetam o corpo de maneira devastadora - Plataforma Media

Depressão e ansiedade afetam o corpo de maneira devastadora

Organismo humano não reconhece separação feita pelos médicos entre doenças mentais e físicas.

Não causa surpresa quando uma pessoa fica ansiosa ou deprimida ao ser diagnosticada com doença cardíaca, câncer ou outro problema físico que limite ou ameace sua vida. Mas o contrário também pode ser verdade: a ansiedade ou a depressão em excesso podem contribuir para o desenvolvimento de uma doença física séria e até impedir a capacidade de suportá-la ou de se recuperar.

As potenciais consequências são especialmente oportunas, porque o estresse atual e as disrupções da pandemia continuam impondo um peso à saúde mental.

O organismo humano não reconhece a separação feita pelos médicos entre doenças mentais e físicas. Ao contrário, a mente e o corpo formam uma rua de mão dupla.

O que acontece dentro da cabeça de uma pessoa pode ter efeitos nocivos por todo o corpo, assim como o inverso. Uma doença mental não tratada pode aumentar de maneira significativa o risco de a pessoa adoecer fisicamente, e problemas físicos podem resultar em comportamentos que agravam as condições mentais.

Leia mais em Folha de S. Paulo

Assine nossa Newsletter