Portugal quer cooperar com a China no hidrogénio verde

Portugal quer cooperar com a China no hidrogénio verde

O Secretário de Estado Adjunto e da Energia, João Galamba, disse que Portugal quer cooperar com a China no hidrogénio verde, avançou a Embaixada chinesa em Lisboa.

Segundo um comunicado, João Galamba disse que Portugal gostaria de receber mais investimento chinês e alargar a cooperação com a China no setor da energia aos veículos elétricos e ao hidrogénio verde.

O dirigente falava durante uma videoconferência com o novo Embaixador da China em Portugal, Zhao Bentang, na semana passada.

O diplomata disse que a China está disposta a trabalhar com Portugal para reforçar a cooperação na área das energias renováveis.

Zhao Bentang sublinhou ainda que a cooperação bilateral tem beneficiado não apenas os dois países, “mas tem também dado frutos” em outros mercados como a América Latina e a África.

Portugal pode atingir a neutralidade carbónica antes de 2050, segundo um estudo hoje divulgado, em que se preconiza um investimento inicial recuperável a longo prazo.

No estudo, elaborado pela consultora McKinsey&Company, defende-se que Portugal precisa de estimular a adoção de veículos elétricos e o desenvolvimento de novas cadeias de valor, incluindo o hidrogénio verde.

A REN, gestora das redes energéticas em Portugal, anunciou na sexta-feira que prevê investir 40 milhões de euros até 2024 para a compatibilização da rede de gás com a injeção de hidrogénio, que faz parte da estratégia nacional de acelerar a transição energética.

A REN tem como principal acionista a elétrica estatal chinesa State Grid of China, com 25 por cento do capital social.

Outro grupo estatal chinês, a China Three Gorges Corporation, é o maior acionista da elétrica portuguesa EDP – Energias de Portugal, com uma participação de 19,03 per cento.

No Brasil, as duas empresas construíram em conjunto os projetos hidroelétricos de Santo Antônio do Jari, de Cachoeira Caldeirão e de São Manuel e 11 parque eólicos.

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Related posts

Onda de calor precoce no oeste dos EUA pode quebrar recordes

China

Empresa alerta para perigo em Central Nuclear

Mundo

"Modo de vida de mais de três mil milhões de pessoas depende dos oceanos”

MundoPolítica

Ministros do Ambiente da UE discutem estratégia de adaptação às alterações climáticas

Assine nossa Newsletter