Teletrabalho pode fazer aumentar natalidade na Europa - Plataforma Media

Teletrabalho pode fazer aumentar natalidade na Europa

“O teletrabalho pode contribuir para o aumento de produtividade, crescimento da natalidade e aumento do bem-estar dos trabalhadores”, considera a autora do estudo.

Oteletrabalho a longo tempo provocado pela pandemia da covid-19 poderá levar ao aumento dos nascimentos em toda a Europa por permitir a conciliação da atividade laboral com a vida familiar, revela um estudo publicado nesta quinta-feira.

Segundo o estudo da Coimbra Business School (CBS) e da Universidade de Málaga, Espanha, com uma amostra de mais de 19 mil trabalhadores de 34 países europeus, entre os quais Portugal, o trabalho a tempo inteiro no modelo presencial desincentivava as famílias a terem mais do que um filho.

“A mudança nas condições de trabalho que a pandemia veio provocar poderá ter duas consequências benéficas: aumentar o número de filhos que cada família decide ter e aumentar a produtividade de cada colaborador, por permitir que estes poupem imensas horas em deslocações, reduzam o stress e tenham uma maior satisfação global com o emprego”, refere a autora, Carla Henriques, docente do CBS.

Leia mais em Diário de Notícias

Artigos relacionados
Sociedade

Pandemia afetou deteção e tratamento de cancro em crianças

BrasilPolítica

Brasil é o 2º país com mais barreiras de entrada no exterior por conta do coronavírus

Mundo

Alemanha adota plano de suspensão progressiva do confinamento

ChinaMundo

Milhares de vacinas falsas apreendidas na África do Sul e China

Assine nossa Newsletter