Turismo: Portugal com 10 milhões de hóspedes em 2020. Proveitos afundam mais de 66% - Plataforma Media

Turismo: Portugal com 10 milhões de hóspedes em 2020. Proveitos afundam mais de 66%

O ano passado foi marcado por uma quebra acentuada do turismo, como confirmam os dados do INE. As unidades de alojamento tiveram sobretudo com os turistas nacionais, ainda assim os proveitos caíram a pique.

2020 foi um ano atípico para o turismo em Portugal. A pandemia ditou uma travagem a fundo do setor, que viu o número de hóspedes, dormidas e proveitos a afundarem significativamente. As unidades de alojamento turístico contaram com 10,5 milhões de hóspedes no total do ano passado, uma queda de 61,3% face a 2019, de acordo com os dados finais revelados esta segunda-feira, 15 de fevereiro, pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). Ou seja, passaram por estas unidades menos 16,6 milhões de pessoas.

Os principais “ausentes” foram os turistas estrangeiros. Portugal é, há muito, um destino dependente do turismo dos não residentes. Mas no ano passado, as restrições e limitações devido à pandemia, a somar aos receios de viajar, levaram a uma forte quebra no número de viajantes estrangeiros. Os hóspedes não residentes ascenderam a 3,9 milhões em 2020, o que representa uma descida de 75,7%. Em 2019, Portugal tinha recebido 16,4 milhões de turistas estrangeiros, o que significa que no ano passado perdeu 12,5 milhões de hóspedes não residentes.

Leia mais em Dinheiro Vivo

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Artigos relacionados
PortugalSociedade

46% dos portugueses antecipam confinamento até à Páscoa

PortugalSociedade

Vai-se a pandemia, ficam as máscaras?

PortugalSociedade

82% querem escolas fechadas mais duas semanas

PortugalSociedade

Está cada vez mais difícil manter os portugueses em casa

Assine nossa Newsletter