Mortes e internações por Covid sobem em São Paulo depois de festas de fim de ano - Plataforma Media

Mortes e internações por Covid sobem em São Paulo depois de festas de fim de ano

Internações subiram 19% nas últimas duas semanas; taxa de ocupação de leitos está em 66,3%

O efeito das aglomerações nas festas de fim de ano já começa a se refletir no aumento de óbitos e internações nos hospitais públicos e privados na cidade e no estado de São Paulo.

No estado, as internações subiram 19% nas últimas duas semanas (entre 29 de dezembro a 12 de janeiro): de 11.070 para 13.175. A taxa de ocupação de leitos está em 66,3%.

Além da alta de hospitalizações, o estado registrou 2.467 novos óbitos: de 46.195 para 48.662.

Na capital paulista, nesse período, o total de mortes passou de 16.163 para 16.990. Foram 827 novos óbitos, um aumento de 5,5% em relação a todo período da pandemia em apenas 14 dias.

Nas duas semanas anteriores (de 16 a 29 de dezembro), ocorreram 462 novas mortes, o que resulta em um aumento de 79% entre os dois períodos, segundo análise do projeto Info Tracker, da Unesp e da USP, a pedido da Folha.

As internações em hospitais públicos municipais, em enfermarias e UTIs, cresceram cerca de 13% em duas semanas, de 1.868 para 2.103.

Dos 43 distritos da capital paulista que têm hospitais com leitos para tratamento da Covid-19, houve aumento de hospitalizações em 32.

Para os pesquisadores, o cenário representa o começo de uma nova fase crítica da pandemia, com maior sobrecarga nos hospitais.

Leia mais em Folha de S.Paulo

Artigos relacionados
BrasilPolítica

Bolsonaro desaparece das redes sociais após aprovação de vacina contra a Covid-19

BrasilPolítica

Pazuello mente ao dizer que tem vacina em mãos e acusa Doria de marketing

BrasilSociedade

Projeto plantará uma árvore para cada morte por covid-19 no Brasil

BrasilPolítica

Vacinação começará ao mesmo tempo em todos os estados brasileiros, diz ministério

Assine nossa Newsletter