Jovem angolano matou o pai porque o impedia de ter sucesso na vida - Plataforma Media

Jovem angolano matou o pai porque o impedia de ter sucesso na vida

Um cidadão de 32 anos matou o seu pai, de 62 anos, na quinta-feira, na Humpata, província da Huíla, por suspeitar que este o estava a impedir de ter sucesso na vida através de práticas de feitiçaria, segundo apurou OPAÍS, do Comando Municipal da Polícia Nacional

Desapontado por não prosperar na vida, o jovem decidiu pedir satisfação ao seu progenitor, partindo já com a convicção de que este seria o causador. “Ele não se sente um jovem realizado, em termos de prosperidade por não ter bois entre outros bens materiais”, frisou a nossa fonte.

Explicou que nesta parcela do território nacional, quando atingem uma determinada idade, as pessoas esperam ter bens para se sentirem respeitados na sociedade.

Quando assim não acontece, a tendência é acusarem algum membro da família de os estar a prejudicar através de práticas de feitiçaria. O ancião terá manifestado o seu descontentamento, não admitindo a forma como estava a ser abordado e o filho reagiu de forma enérgica.

O jovem agarrou num instrumento de madeira e desferiu um golpe violento na região craniana do seu próprio progenitor, sem dó nem piedade. Este não terá resistido ao embate e caiu, de acordo com a nossa fonte policial.

As pessoas que estavam no local tentaram socorrer a vítima, levando- o ao Hospital Municipal da Humpata, onde viria a falecer 24 horas depois.

Leia mais em O País

Artigos relacionados
AngolaSociedade

"Novo Hotel" do Lubango, na Huíla, sob cerca sanitária. 12 hóspedes violaram fronteiras

LusofoniaSociedade

Província angolana de Huíla regista mais de 100 mil casos de malária

Sociedade

Cidadão dado como incocente depois de 14 anos preso

Assine nossa Newsletter