Após Rússia ser banida das Olimpíadas, China cria lei que criminaliza doping - Plataforma Media

Após Rússia ser banida das Olimpíadas, China cria lei que criminaliza doping

As principais consequências sofridas por clubes e atletas do mundo todo quando o assunto é doping são punições que geralmente envolvem as próprias competições, como banimento e perda de títulos. Já a China decidiu ir além: tentar melhorar a performance através de substâncias ilícitas agora é crime que pode dar cadeia.

De acordo com a agência oficial de notícias estatal chinesa Xinhua, o Comitê Permanente do Congresso Nacional do Povo votou para adicionar a Emenda XI à sua lei criminal, o artigo 355. Ela estipula que quem atrair, instigar ou enganar os atletas para que usem substâncias proibidas em competições nacionais ou internacionais pode pegar até três anos de prisão, além de multa. Punições mais pesadas serão aplicadas àqueles que organizarem ou forçarem os atletas ao doping.

Na China, o esporte é questão de estado e sinônimo de “soft power”. A emenda entrará em vigor em março de 2021, quatro meses antes da Olimpíada de Tóquio.

Leia mais em IstoÉ.

Este artigo está disponível em: English

Artigos relacionados
MundoPolítica

Opositor russo preso apela às pessoas para "tomarem as ruas"

MundoPolítica

Crítico do Kremlin, Alexei Navalny, regressou a Moscovo. Quatro apoiantes detidos

ChinaMundo

Xi Jinping destaca desenvolvimento inabalável da parceria China-Rússia

MundoSociedade

Morreu George Blake: quem foi um dos mais famosos agentes duplos da Guerra Fria

Assine nossa Newsletter